Taxa de câmbio:
RUB/BRL 0,0532
0,0000
INR/BRL 0,5939
0,0000
ZAR/BRL 2,6148
0,0000
CNY/BRL 0,6801
0,0000
EGP/BRL 1,5958
0,0000
AED/BRL 1,3424
0,0000
USD/BRL 4,93
0,0000
Tempo:
Moscou 0 °C
Brasília 20 °C
Nova Délhi 14 °C
Beijing 9 °C
Pretória 23 °C
Cairo 14 °C
Teerã 4 °C
Abu Dabi 22 °C
Menu
En vivo «O idioma da dança»
0 °C
Moscou
20 °C
Brasília
20 °C
Nova Délhi
9 °C
Beijing
23 °C
Pretória
14 °C
Cairo
4 °C
Teerã
22 °C
Abu Dabi
RUB/BRL
0,0532
0,0000
INR/BRL
0,5939
0,0000
ZAR/BRL
2,6148
0,0000
CNY/BRL
0,6801
0,0000
EGP/BRL
1,5958
0,0000
AED/BRL
1,3424
0,0000
USD/BRL
4,93
0,0000
TV BRICS nas redes sociais
TV BRICS Apps
Principal
Notícias
Vídeos
Menu
08:05 «O idioma da dança»
08:05 «O idioma da dança»
Сейчас 16+
08:05

«O idioma da dança»

08:32 «Jogando limpo!»
Далее
08:32

«Jogando limpo!»

16+
09:00

«BRICSreport»

16+
09:15

«Agroparalelos»

16+
22.02.2415:45 Sociedade
Cooperação entre a TV BRICS e a mais antiga agência de notícias do Irã ajuda a integrar a agenda do mundo islâmico no espaço de informações do BRICS+
21.02.2415:20 Sociedade
Opoio da TV BRICS ajuda a atrair inscrições da China, África do Sul, Egito e Cuba para o prêmio "Experto do Ano"
20.02.2416:16 Sociedade
Um dos maiores grupos de mídia do Irã se juntou à rede da TV BRICS
Rússia BRICS
17.11.23 18:31
Cultura

Festival Internacional de Estudantes da VGIK realiza uma exibição do filme "Dostoiévski Intercontinental"

O diretor de projetos especiais da TV BRICS realizou uma aula magna sobre o tema "Produção internacional de documentários"

Uma exibição do filme "Dostoiévski Intercontinental" foi realizada como parte do Festival Internacional de Estudantes da VGIK. Após a exibição do filme, Ivan Zakharenko, o principal diretor de projetos especiais da TV BRICS e do canal de TV "Prodvizheniye", diretor de curtas-metragens de ficção e documentários, realizou uma aula magistral sobre o tema "Produção internacional em cinematografia documental".

Ele compartilhou a experiência da TV BRICS na produção do primeiro documentário internacional realizado por uma equipe editorial conjunta dos países do BRICS, "Dostoiévski Intercontinental". Os alunos fizeram perguntas de interesse da plateia.

Ivan Zakharenko disse que as empresas de mídia - parceiras da rede TV BRICS de cinco países: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul - participaram da produção do filme. Esse foi o primeiro projeto de documentário internacional de grande escala criado pela equipe editorial unida de parceiros da TV BRICS.

"No que diz respeito à produção internacional, ela aconteceu por meio do intercâmbio de conteúdo. Tendo certos acordos com diferentes empresas de produção em diferentes países, nós lhes demos a tarefa técnica para uma determinada filmagem e depois recebemos o conteúdo final. Filmamos a mesma parte aqui na Rússia e depois combinamos tudo em um único filme"

Ivan Zakharenko Diretor de projetos especiais da TV BRICS


Ele também falou sobre sua descoberta favorita na direção, que distingue o filme de outros documentários sobre o grande escritor russo.

"Gosto do fato de colocarmos Dostoiévski para observar seus próprios personagens e até ele mesmo entre os outros", observou o diretor.

O documentário "Dostoiévski Intercontinental" foi concebido para mostrar a relevância da figura do clássico, sua obra e herança filosófica para a comunidade internacional, bem como para chamar a atenção dos espectadores para os sotaques nacionais da interpretação de sua filosofia na Índia, Brasil, África do Sul, China e Rússia. Pesquisadores renomados da obra de F.M. Dostoiévski, bem como atores e diretores do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul participaram das filmagens.

"Dostoiévski Intercontinental" foi adaptado para o inglês, português e chinês. A estreia na televisão ocorreu nos canais parceiros da rede TV BRICS no Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

O filme foi apresentado nos principais festivais de documentários apoiados pela rede TV BRICS.

O Festival Internacional de Estudantes da VGIK é organizado pela Universidade Estatal de Cinematografia Gerasimov, pelo Centro de Produção VGIK-Debut e pelo Creative Studio Stella, com o apoio do Ministério da Cultura da Federação Russa, do Fundo Presidencial para Iniciativas Culturais e do Fundo Nacional de Apoio aos Detentores de Direitos.

A TV BRICS é uma parceira de informações do festival.

O Festival Internacional de Estudantes da VGIK é uma das plataformas mais importantes para demonstrar as realizações criativas de futuros artistas de cinema, onde estudantes de escolas de cinema russas e estrangeiras podem mostrar seus trabalhos acadêmicos, de curso e de diploma de cinema e teatro para o público em geral.

O principal objetivo do festival é reconhecer e incentivar os jovens talentos do cinema contemporâneo e avaliar as perspectivas de desenvolvimento do cinema nacional e mundial. O festival foi concebido para promover o desenvolvimento do diálogo cultural e fortalecer a integração da Rússia no espaço cultural mundial.

Fotografia: TV BRICS

MAIS SOBRE O TEMA

22.02.2415:45 Sociedade
Cooperação entre a TV BRICS e a mais antiga agência de notícias do Irã ajuda a integrar a agenda do mundo islâmico no espaço de informações do BRICS+
21.02.2415:20 Sociedade
Opoio da TV BRICS ajuda a atrair inscrições da China, África do Sul, Egito e Cuba para o prêmio "Experto do Ano"
20.02.2416:16 Sociedade
Um dos maiores grupos de mídia do Irã se juntou à rede da TV BRICS
16.02.2414:17 Educação
Universidade Innopolis e TV BRICS promovem conjuntamente as conquistas da Rússia em ciência e educação nos países do BRICS+
15.02.2416:16 Sociedade
Programa "Encontros com o editor" da TV BRICS e da editoria "Ves Mir" é exibido em 14 regiões da Federação Russa
14.02.2418:00 Sociedade
Área Autônoma de Khanty-Mansi - Yugra se torna conhecida nos países do BRICS com a ajuda da TV BRICS
22.02.2417:12 Economia
Fábio Borges: Rússia é importante para o BRICS por seu poder econômico e político
20.02.2418:31 Economia
Cooperação do Egito com os países do BRICS expande o uso de moedas nacionais em acordos mútuos
18.02.2410:30 Educação
Ministra da Educação Técnica e Superior da República de Serra Leoa: “Uma educação de qualidade é a base para alcançar todos os 17 ODSs”