Taxa de câmbio:
RUB/BRL 0,0562
0,0004
INR/BRL 0,6287
0,0005
ZAR/BRL 2,7282
0,0283
CNY/BRL 0,7239
0,0003
EGP/BRL 1,0863
0,0009
AED/BRL 1,4298
0,0012
USD/BRL 5,2509
0,0043
Tempo:
Moscou
Brasília
Nova Délhi
Beijing
Pretória
Cairo 21 °C
Teerã 25 °C
Abu Dabi 23 °C
Menu
Moscou
Brasília
Nova Délhi
Beijing
Pretória
21 °C
Cairo
25 °C
Teerã
23 °C
Abu Dabi
RUB/BRL
0,0562
0,0004
INR/BRL
0,6287
0,0005
ZAR/BRL
2,7282
0,0283
CNY/BRL
0,7239
0,0003
EGP/BRL
1,0863
0,0009
AED/BRL
1,4298
0,0012
USD/BRL
5,2509
0,0043
TV BRICS Apps
Principal
Notícias
Vídeos
Menu
18.04.2411:18 Cultura
Jovens atores dos países do BRICS+ realizaraõ estágio em uma das melhores universidades de teatro da Rússia
11.04.2412:56 Sociedade
Por meio da rede TV BRICS, os EAU se somam à cooperação em comunicações com os países do BRICS
05.04.2416:16 Cultura
Rede de comunicações TV BRICS promove a cooperação de Cuba com os países do BRICS+ na indústria cinematográfica
Rússia Brasil BRICS
22.02.24 17:12
Economia

Fábio Borges: Rússia é importante para o BRICS por seu poder econômico e político

Espera-se um período muito ativo e dinâmico do grupo sob a liderança de um país protagonista nas relações internacionais

Fábio Borges, Professor na Universidade Federal da Integração Latino-americana (UNILA), Curador do BRICS na Coordenadoria de Estudos da Ásia (CEÁSIA) da Universidade Federal de Pernambuco, em uma entrevista à TV BRICS contou sobre a presidência russa no BRICS e a influência dos novos membros da aliança no Sistema Internacional.

O que podemos esperar da atual presidência russa do BRICS?

BRICS é importante para a Rússia como um instrumento de defesa do diálogo e da paz e a Rússia é importante para o BRICS por seu poder econômico e político no. Então espera-se um período muito ativo e dinâmico do grupo sob a liderança de uma país protagonista nas relações internacionais.

Para o Brasil e demais países membros do bloco, o que pode parecer mais importante na agenda?

A defesa de um mundo em paz e do multilateralismo para construir um Sistema Internacional mais estável e colaborativo. Na agenda, os temas centrais são o desenvolvimento econômico e social dos países emergentes e pobres com especial atenção as mudanças climáticas. Além da cooperação econômica através do Novo Banco de Desenvolvimento do BRICS, podemos vislumbrar colaboração nas áreas de energia limpa, tecnologias verdes, no âmbito cultural (por exemplo, a TV BRICS), na saúde, entre outras.

Com a entrada de novos membros, quais oportunidades se abrem para o BRICS e quais dificuldades podem surgir?

A ampliação do grupo demonstra que ele gera interesse e tem importância crescente no Sistema Internacional. Fortalece o grupo economicamente e politicamente essa ampliação criando maior representatividade e diversidade dentro do grupo. Apesar do convite ter sido feito a seis novos membros, Argentina preferiu não aderia ao grupo. Essa diversidade e ampliação dificultarão os consensos, especialmente em temas culturais, porque países como Arábia Saudita e Emirados Árabes tem perfis mais conservadores. Também o tema das energias limpas poderá ser um desafio, pois são países de matrizes energéticas bastante dependentes do petróleo.

Como as diferenças entre os países membros – geográficas, culturais, religiosas – podem afetar a realização dos objetivos comuns do BRICS? Quais são esses objetivos?

O grupo já nasceu muito heterogêneo e diverso, mas certamente com dez membros isso se ampliará. Do ponto de vista geográfico trata-se de países de dimensões distintas, mas em geral países grandes territorialmente e populacionalmente. Há um certo equilíbrio com representantes de vários continentes. Sobre a cultura e religião poderá haver divergências consideráveis entre os dez membros, mas também poderá haver um maior conhecimento mútuo fomentando a admiração e complementariedades entre essas nações com histórias riquíssimas. O objetivo central é construir um Sistema Internacional mais estável, democrático e justo.

Fotografia: Universidade Federal da Integração Latino-americana
Curto
e direto ao ponto
Uma vez por semana, cobriremos as notícias dos países do BRICS
Ao clicar no botão "Assinar", você concorda com o processamento de dados pessoais

MAIS SOBRE O TEMA

19.04.2416:16 Economia
Teerã e Moscou finalizam um projeto de contrato para implementar acordo sobre a construção da ferrovia Rasht-Astara
19.04.2414:30 Economia
Autoridades sul-africanas irão expandir a várias outras regiões o programa de capacitação para desempregados
18.04.2412:56 Economia
Exportações de mercadorias do Egito registram crescimento significativo no primeiro trimestre
17.04.2414:30 Economia
China lança plano para impulsionar talentos digitais e promover economia digital até 2026
17.04.2412:56 Economia
Irã aumenta exportações para Rússia e Bielorrússia
16.04.2414:30 Economia
Governo Federal propõe meta de déficit zero e aumento no salário mínimo para 2025
19.04.2411:18 Personalidades
Serguei Riabkov, vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia: o BRICS está avançando e estabelecendo um importante precedente
17.04.2418:30 Personalidades
Presidente da Câmara de Comércio e Indústria da Rússia, Serguei Katyrin: especialistas esperam que o BRICS seja responsável por 90% do PIB global até 2050
12.04.2415:00 Sociedade
Patricia Villegas Marín, presidenta de uma das maiores agências da América Latina teleSUR: BRICS é esperança
Curto
e direto ao ponto
Uma vez por semana, cobriremos as notícias dos países do BRICS
Ao clicar no botão "Assinar", você concorda com o processamento de dados pessoais