Taxa de câmbio:
RUB/BRL 0,0532
0,0000
INR/BRL 0,5939
0,0000
ZAR/BRL 2,6148
0,0000
CNY/BRL 0,6801
0,0000
EGP/BRL 1,5958
0,0000
AED/BRL 1,3424
0,0000
USD/BRL 4,93
0,0000
Tempo:
Moscou 0 °C
Brasília 20 °C
Nova Délhi 14 °C
Beijing 9 °C
Pretória 23 °C
Cairo 14 °C
Teerã 4 °C
Abu Dabi 22 °C
Menu
En vivo «O idioma da dança»
0 °C
Moscou
20 °C
Brasília
20 °C
Nova Délhi
9 °C
Beijing
23 °C
Pretória
14 °C
Cairo
4 °C
Teerã
22 °C
Abu Dabi
RUB/BRL
0,0532
0,0000
INR/BRL
0,5939
0,0000
ZAR/BRL
2,6148
0,0000
CNY/BRL
0,6801
0,0000
EGP/BRL
1,5958
0,0000
AED/BRL
1,3424
0,0000
USD/BRL
4,93
0,0000
TV BRICS nas redes sociais
TV BRICS Apps
Principal
Notícias
Vídeos
Menu
08:05 «O idioma da dança»
08:05 «O idioma da dança»
Сейчас 16+
08:05

«O idioma da dança»

08:32 «Jogando limpo!»
Далее
08:32

«Jogando limpo!»

16+
09:00

«BRICSreport»

16+
09:15

«Agroparalelos»

16+
22.02.2415:45 Sociedade
Cooperação entre a TV BRICS e a mais antiga agência de notícias do Irã ajuda a integrar a agenda do mundo islâmico no espaço de informações do BRICS+
21.02.2415:20 Sociedade
Opoio da TV BRICS ajuda a atrair inscrições da China, África do Sul, Egito e Cuba para o prêmio "Experto do Ano"
20.02.2416:16 Sociedade
Um dos maiores grupos de mídia do Irã se juntou à rede da TV BRICS
Rússia
30.11.23 17:30
Sociedade

A TV BRICS apresenta conteúdo de TV dos países do BRICS para emissoras russas

Moscou sediou o Fórum Peering 2023

Na quarta-feira, 29 de novembro, Moscou sediou o Fórum Peering 2023 no Centro de Congressos do WTC. O evento contou com a participação de representantes de operadoras de telecomunicações nacionais, provedores de conteúdo, plataformas em nuvem, canais de TV e agências governamentais.

No fórum, dois fluxos temáticos paralelos, "Infraestrutura e serviços de rede" e "Videoconteúdo+", abrigaram mesas redondas e painéis de discussão, onde foram apresentados relatórios analíticos e técnicos sobre o desenvolvimento da infraestrutura da Internet, conectividade de rede, tendências de desenvolvimento do mercado de mídia, uso de recursos modernos de tecnologia IP para a produção, distribuição e proteção de conteúdo audiovisual.

"O conteúdo nacional russo vem se desenvolvendo de forma dinâmica há alguns anos. Mas, no último período, vemos também a aquisição ativa de filmes e séries asiáticos e latino-americanos", disse Grigory Kuzin, diretor do projeto “Medialogistica”.

Nesta que é a maior conferência da comunidade de telecomunicações da Rússia, a rede internacional TV BRICS apresentou formatos de cooperação com produtores de conteúdo estrangeiros.

Graças a uma rede ampla de parceiros em comunicações nos países do BRICS+, o canal russo TV BRICS (integrante da rede TV BRICS) pode exibir conteúdo de TV de alta qualidade produzido no exterior: programas de TV e documentários.

"Hoje cooperamos com mais de 60 meios de comunicação profissionais nos países do BRICS e na região do BRICS+. Trabalhamos em um sistema de intercâmbio de conteúdo com Brasil, Índia, China, África do Sul, Zimbábue, Quênia, Moçambique, Egito, Venezuela, Cuba e Argentina. Nosso princípio de funcionamento é exatamente um sistema de compartilhamento de conteúdo. Promovemos conteúdo de produção própria e conteúdo de produtores russos em meios de comunicação estrangeiros, traduzimos o conteúdo para os idiomas dos países do BRICS e o distribuímos por meio de canais de TV e sites no exterior. Esse processo também funciona no sentido contrário. Ele nos permite atrair conteúdo originalmente produzido por canais de TV desses países, que recebemos em seus idiomas nacionais, traduzimos, dublamos, e esse conteúdo é transmitido exclusivamente no canal da TV BRICS e em nossas plataformas na Internet"

Janna Tolstikova Diretora Geral da rede internacional TV BRICS

"Este ano, recebemos várias programações de TV de um canal parceiro da Venezuela e, além disso, as séries de TV chinesas "A Vida é Bela" e "Bela Juventude". Como acontece com qualquer outro conteúdo, nós os apresentamos não apenas na TV BRICS, mas também os fornecemos para meios de comunicação regionais parceiros. Nossa missão é promover uma imagem positiva da Rússia e do setor de comunicação russo de conjunto no exterior, por meio de vários formatos de conteúdo de vídeo, através das plataformas de meios de comunicações profissionais em outros países e, por outro lado, promover a imagem desses países e a agenda comum do grupo BRICS aqui na Rússia, através do nosso canal de TV e dos recursos de comunicações russos", enfatizou ela.

A Diretora Geral da rede de comunicações destacou vários projetos da TV BRICS transmitidos no exterior: documentários sobre a indústria russa de mineração de ouro "Prata de Magadan", "Vale mais que o ouro" e a série de programas "idioma da dança". A segunda temporada do programa "Cidade de Histórias", sobre pequenas cidades da Rússia, está sendo transmitida na plataforma do meio chinês CGTN RUS. Esse é o projeto da TV BRICS mais amplamente distribuído em meios de comunicação estrangeiros: a primeira temporada foi transmitida no Brasil (em dois canais de TV), na África do Sul, na China, na Venezuela e em outros países.

Na Rússia, a rede internacional TV BRICS é representada por seus próprios recursos de comunicação: o canal TV BRICS 24 horas e a edição on-line tvbrics.com. O canal em russo transmite para toda a Federação Russa - a transmissão ao vivo está disponível no site, RUTUBE, Telegram e VK. Os programas da TV BRICS podem ser assistidos em plataformas OTT (Smotreshka, Peers.TV, 24 TchasaTV, Vintera.TV, Lime HD). O canal TV BRICS também está disponível para os assinantes do serviço de vídeo Wink da rede Rostelecom no canal 60.

Além disso, blocos de programas da TV BRICS são transmitidos regularmente pelos canais parceiros da rede na Rússia: "Prodvizhenye (Promomoção)", com uma audiência de 25 milhões de pessoas, NZhK (transmitido em 14 regiões do país), "Mordovia 24" e "Canal 10" (Saransk).

O Fórum Peering é a maior conferência russa do setor, organizada desde 2005. O evento é realizado para os principais diretores, produtores e compradores de conteúdo audiovisual, representantes de autoridades reguladoras, que discutem em uma plataforma única os principais tópicos de desenvolvimento do setor de telecomunicações russo e da infraestrutura da Internet.

Foto: captura de tela da transmissão do fórum

MAIS SOBRE O TEMA

22.02.2415:45 Sociedade
Cooperação entre a TV BRICS e a mais antiga agência de notícias do Irã ajuda a integrar a agenda do mundo islâmico no espaço de informações do BRICS+
21.02.2415:20 Sociedade
Opoio da TV BRICS ajuda a atrair inscrições da China, África do Sul, Egito e Cuba para o prêmio "Experto do Ano"
20.02.2416:16 Sociedade
Um dos maiores grupos de mídia do Irã se juntou à rede da TV BRICS
16.02.2414:17 Educação
Universidade Innopolis e TV BRICS promovem conjuntamente as conquistas da Rússia em ciência e educação nos países do BRICS+
15.02.2416:16 Sociedade
Programa "Encontros com o editor" da TV BRICS e da editoria "Ves Mir" é exibido em 14 regiões da Federação Russa
14.02.2418:00 Sociedade
Área Autônoma de Khanty-Mansi - Yugra se torna conhecida nos países do BRICS com a ajuda da TV BRICS
22.02.2417:12 Economia
Fábio Borges: Rússia é importante para o BRICS por seu poder econômico e político
20.02.2418:31 Economia
Cooperação do Egito com os países do BRICS expande o uso de moedas nacionais em acordos mútuos
18.02.2410:30 Educação
Ministra da Educação Técnica e Superior da República de Serra Leoa: “Uma educação de qualidade é a base para alcançar todos os 17 ODSs”